Notícias

Operação contra comércio irregular apreende mais de 6,5 mil itens nas marginais Pinheiros e Tietê

Ação ocorreu entre 8 e 15 de fevereiro. Fiscalização faz parte do programa Marginal Segura

De Secretaria Especial de Comunicação

Uma operação da Guarda Civil Metropolitana (GCM) e das prefeituras regionais contra o comércio ambulante nas marginais Pinheiros e Tietê apreendeu cerca de 6,7 mil itens de produtos que seriam vendidos irregularmente. A ação ocorreu entre os dias 8 e 15 de fevereiro e faz parte do programa Marginal Segura, que tem o objetivo de garantir a segurança de quem circula diariamente pelas duas vias expressas.

Foram abordados 45 ambulantes e apreendidos 11 isopores, 11 carrinhos, 119 sacos e os cerca de 6,7 mil itens. Apenas no dia 15 de fevereiro, foram feitas 11 abordagens e apreendidos dois isopores, dois carrinhos, nove sacos e cerca de 2 mil itens de produtos.

Três equipes da GCM participaram das operações, cada uma delas com oito guardas-civis, duas motos e duas viaturas. Há também equipes das prefeituras regionais, que contam com três caminhões e três kombis. “São três equipes de 10 pessoas atuando exclusivamente e de maneira intensiva em todas as marginais, em uma ação sem data para acabar”, afirma o secretário-adjunto das prefeituras regionais, Fábio Lepique.

A GCM usa também 54 câmeras espalhadas pelas vias para monitorar a presença de ambulantes nas marginais. “O combate ao comércio ilegal nas marginais ganha importância porque temos um fluxo muito grande de veículos, as pessoas nesses locais colocam suas vidas e a de outras pessoas em risco. A população pode colaborar com este trabalho de segurança de duas formas: não comprando produtos de ambulantes quanto estiver nas marginais e também denunciando a presença destes ambulantes pelo telefone 153 da Guarda Civil Metropolitana”, diz o secretário municipal de Segurança Urbana, José Roberto Oliveira.

Marginal Segura
O programa começou em 25 de janeiro com uma série de ações de melhoria da segurança de quem circula pelas duas marginais. O plano operacional engloba intervenções para pedestres, ciclistas, motociclistas, além de ações educativas.

Para os pedestres, por exemplo, foram realizadas ações de engenharia que garantem maior segurança a quem caminha pelas calçadas que dão acessos a pontos de ônibus, estações de trem, comércios, shoppings e outros estabelecimentos nas vias perpendiculares às marginais.

A CET reforçou ainda a sinalização sobre as condições de tráfego das marginais, com novas placas e painéis eletrônicos para orientar os motoristas sobre o trânsito, alagamentos e acidentes. Também está sendo ampliado o número de agentes de trânsito nas vias expressas, passando o efetivo de 169 para 259 - 90 a mais.

As secretarias de Prefeituras Regionais e da Assistência e Desenvolvimento Social fazem ainda um trabalho de orientação aos moradores em situação de rua que estão nas marginais Pinheiros e Tietê. Famílias que vivem em comunidades estão sendo cadastradas para que possam deixar as áreas de risco.

Leia mais
Prefeitura apresenta resultados das primeiras horas do “Marginal Segura”
Programa “Marginal Segura” promove ações de melhoria da segurança

São Paulo na TV

Parque Rodrigo de Gasperi recebe Mutirão Mário Covas