Notícias

Ponte Estaiada recebe serviços de zeladoria do Programa São Paulo Cidade Linda

Mutirão inclui a limpeza do mastro principal, que foi pichado em junho passado, a recuperação da iluminação e a instalação de sensor na porta da escadaria

De Secretaria Especial de Comunicação

Além da Avenida 9 de Julho, a primeira etapa do Programa São Paulo Cidade Linda também engloba a limpeza da Ponte Octavio Frias de Oliveira (Ponte Estaiada), cujo mastro de 138 metros foi pichado em junho passado. Para realizar o procedimento, a Prefeitura de São Paulo contratou e treinou nove alpinistas profissionais que, acompanhados por um gerenciador da Secretaria Municipal de Serviços e Obras (SMSO), irão concentrar os serviços de zeladoria nos períodos noturnos, entre 23h e 7h, para não atrapalhar o trânsito local. 

A expectativa é que cada face do mastro seja recuperada em um prazo de dois dias, totalizando oito dias para realização do serviço. Para a limpeza dos tabuleiros (face externa), também serão necessários mais dois dias de trabalho.

“Nós tivemos que contratar uma equipe de alpinistas, treiná-los no processo antipichação para que a ponte seja inteiramente limpa. Então, é um serviço complexo. Vocês estão vendo a escalada que é para recuperar a Ponte Estaiada com as pichações que sofreu.”, afirmou o prefeito João Doria.

Além da limpeza do mastro, a equipe do Programa São Paulo Cidade Linda também fará a limpeza dos guard-rails e dos pilares da ponte. A iluminação também será restaurada –o serviço deve ser concluído na próxima quinta-feira (5).

Para que os pichadores não voltem ao local, está previsto ainda o fechamento do acesso ao mastro e a instalação de um sensor na porta da escadaria que leva ao ponto mais alto da ponte. Caso ocorra algum tipo de invasão, o sistema avisará instantaneamente a Guarda Civil Metropolitana. O serviço de zeladoria na Ponte Estaiada também prevê, até o fim deste mês, a instalação de câmeras de segurança. 

São Paulo na TV

22º SP Cidade Linda

Ver agenda completa